Curiosidades

[Curiosidades][bsummary]

Ciências

[Ciência][twocolumns]

Diversos

[Diversos][bleft]

Como a internet destrói a sua produtividade


Adendo : A internet é provavelmente essencial e integrante de seu trabalho. Mas a pesquisa mostra que, geralmente, leva a receber menos feito. Quando estiver conectado, nós perder mais tempo, tornam-se mais distraído, e trazer menos foco e energia para o nosso trabalho. Vale a pena agendar bolsos de tempo para se desconectar da internet para que possamos mergulhar mais fundo em nosso trabalho.

Provavelmente você já experimentou este fenômeno antes: você abre seu navegador da web com a melhor das intenções, mas de repente, sem perceber, você cai em um transe. Minutos depois que você se encontra olhando para a foto de um amigo no Facebook, a seção de comentários de um site de notícias, ou a tela do telefone depois de pedalar sem pensar através dos mesmos poucos aplicativos no piloto automático. Você não tem ideia de como você chegou lá, é como quando você abre a geladeira e esquece o que foi pegar.

Mas, o que aconteceu?

O que aconteceu foi que a internet sequestrou sua atenção. Ela tem o costume de fazer isso, e por uma razão curiosa: nossos cérebros acham difícil resistir à sedução de entorpecimento mental da internet. Como Nicholas Carr escreveu em seu livro "The Shallows" "A internet utiliza todos os nossos sentidos", e para piorar as coisas, "ela os utiliza simultaneamente". Nossas mãos estão tão envolvidas como quando mexemos em nosso smartphone. A utilizamos para mover o mouse por cima da mesa, e digitar no teclado. Nossos ouvidos ficam atentos aos sons do computador. E nossos olhos fixos na constante mudança de textos, vídeos e imagens de gatos. O feedback que a internet nos dá é a intensa e imediata combinação mortal dos sentidos. A internet sequestra a nossa atenção esmagando nosso cérebro.

Como você pode imaginar, os custos de produtividade disso pode ser enorme . Ser mais produtivo não é trabalhar mais rápido ou mais freneticamente, trata-se de trabalhar mais de forma deliberada e com intenção. E é difícil agir com intenção quando estamos na internet.

Meu estudo favorito sobre como passar o tempo na internet foi conduzido por Tim Pychyl, na Universidade de Carleton, em Ottawa. Ele estudou como os alunos usaram seu tempo quando eles estavam ligados. Ele descobriu algo chocante: que o aluno médio gasta 47% do seu tempo online procrastinando. É impossível procrastinar e trabalhar intencionalmente ao mesmo tempo.


Isto por si só iria prejudicar a nossa produtividade, mas a internet também nos interrompe frequentemente puxando nossa atenção de tarefas de trabalho importantes. De acordo com a empresa de pesquisa Basex, "As interrupções e o tempo de recuperação necessária agora consomem 28 por cento do dia do trabalhador.". Gloria Mark, uma pesquisadora de atenção na Universidade da Califórnia, descobriu durante um experimento que "cada funcionário passou apenas 11 minutos em qualquer projeto antes de ser interrompido" e que "o empregado levou um tempo médio de vinte e cinco minutos para voltar para a tarefa inicial depois de uma grande interrupção". Com que frequência a internet nos interrompe em nossas tarefas mais importantes e quão significativa é esta interrupção quando se trata de produtividade.

Além de tudo isso, o que nós realmente temos feito quando estamos conectados muitas vezes não é tão crucial como outros trabalhos. Ler e-mails, mensagens instantâneas, mídias sociais e outras atualizações são inevitáveis, embora isto nos dê menor retorno do que outros trabalhos.
A resposta a isso, é desconectar-se, especialmente quando eu tenho que sentar para trabalhar em projetos importantes. É mais fácil remover a tentação desta forma.

Por exemplo, enquanto escrevo artigo meu smartphone está em outro comodo, e a internet do computador está desligada. Desta forma eu fico menos distraído e tenho mais atenção e energia para gastar em minhas prioridades. Foco é a resposta.

Esta semana, eu desafio você a fazer o mesmo. Encontrar um tempo de 30 minutos em que você pode se desconectar completamente. Seu cérebro pode inicialmente dar um chilique. Isso é normal, especialmente se você cresceu acostumado com o estímulo que a internet oferece. Isto não só é normal, é humano. A internet é como fast-food para o seu cérebro.

A internet é uma das invenções mais marcantes, e seria difícil de começar o trabalho sem ela. Mas se você não tiver cuidado, ela também pode destruir a sua produtividade.

Fonte:

Nenhum comentário: