Rússia lança seu primeiro drone de entregas, que se espatifa no chão após acertar um prédio


Algum dia, no futuro, nossos céus estarão cheios de máquinas voadoras entregando qualquer coisa que pudéssemos desejar ou precisar, de suprimentos médicos a pizzas.

Porém, este dia não é hoje.

Na segunda-feira, o serviço postal da Rússia testou um avião de entrega na cidade de Ulan-Ude, na Sibéria. Em vez disso, o drone bateu violentamente contra a parede de um prédio próximo, deixando o objeto em pedaços.


A Rússia anunciou seus planos para começar a entregar correspondência via drone. Parece uma ideia inteligente, especialmente em um país tão grande, onde o clima severo geralmente interrompe a entrega de correspondências.

Aqui estava o plano original para o teste de segunda-feira. O drone de 20 mil dólares deveria pegar um pequeno pacote e entregá-lo a uma vila próxima.

Em vez disso, o dispositivo falhou miseravelmente, voando apenas uma curta distância antes de colidir com um prédio de três andares. A pequena multidão reunida para assistir ao teste pôde ser ouvida proferindo palavrões, segundo a Reuters.

Ninguém ficou ferido no acidente e o único dano sofrido foi a quebra do drone.

"Não vamos desistir, vamos continuar tentando", disse à Reuters Alexei Tsydenov, chefe da região que participou do teste. "Aqueles que não arriscam não obtêm um resultado."

Os organizadores não sabem ao certo o que deu errado, mas suspeitam que os cerca de 100 pontos de Wi-Fi próximos poderiam ter algo a ver com isso.

Fonte: Futurism

Nenhum comentário:

Mundo Animal

[Mundo Animal][bleft]

Saúde

[Saúde][bsummary]

Curiosidades

[Curiosidades][twocolumns]